Rua das Flores. créditos: Alexandre Bernardo
- publicidade -

As zonas de trânsito condicionado nas ruas de Santa Catarina, Cedofeita, Flores e Ribeira vão ter novas regras de acesso automóvel, a partir do dia 16 de janeiro. Período alargado de acesso a cargas e descargas e flexibilizado o acesso a moradores, são algumas das novidades. Todos aqueles que pretendam ter acesso a estas zonas deverão fazer o registo obrigatório numa plataforma digital até ao dia 15.

A Câmara do Porto afirma em comunicado que a “delimitação das zonas de Acesso Condicionado (ZAAC)” surgiu em 2018 e permitiu “disciplinar o acesso automóvel a estes locais sujeitos a uma elevada pressão”. Mas para melhorar ainda mais “da utilização do espaço público, o Município do Porto ponderou introduzir algumas alterações, com o intuito de maximizar a segurança e o conforto de todos os que habitam, trabalham e visitam as ZAAC”.

Todo este processo contou com os contributos de moradores e comerciantes das ZAAC, “bem como da União de Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória”. Assim, as “condições de acesso foram revistas, e as novas regras entram em vigor já no próximo dia 16 de janeiro”, avança a autarquia portuense.

Quanto às alterações, a Câmara do Porto sublinha a “possibilidade de residentes ou comerciantes sem estacionamento poderem aceder ao interior destas zonas a qualquer hora do dia (por períodos até 30 minutos)” e destaca também o “alargado o horário de entrada para cargas e descargas e operadores logísticos (que passam a usufruir de até 30 minutos de permanência gratuita, num período mais alargado, das 00 às 11 horas e das 21 às 24 horas)”.

Caso o tempo de permanência nas ZAAC for superior ao estipulado, são cobrados 7,50€ como penalização.

Para quem pretenda ser ainda mais esclarecido sobre todas as alterações, o Município do Porto irá fazer um webinar no dia 10 de janeiro, entre as 14h00 e as 14h30. Podem inscrever-se neste link. Mais informações podem ser consultadas aqui.

- publicidade -