Teatro Nacional São João. Foto de João Tuna
- publicidade -

No ano em que se celebra o centenário da inauguração do seu edifício-sede, o Teatro Nacional de São João (TNSJ) está a preparar mais um relevante capítulo da história deste Monumento Nacional. Após três décadas de utilização intensiva e de expressivo desgaste do equipamento – desde que o São João foi adquirido pelo Estado e desde que nele se criou o projeto de um Teatro Nacional a Norte –, o edifício projetado pelo arquiteto Marques da Silva vai ser submetido a obras de reabilitação do seu interior e da arquitetura de cena, encerrando temporariamente entre o final de março e o princípio de outubro de 2021.

Para esta intervenção, foram lançados dois concursos públicos, que visam prover a conservação, a valorização e a modernização do edifício, de requalificá-lo e adequá-lo às atuais exigências legais em termos de segurança e acessibilidade (dando cumprimento a recomendações emitidas pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais).

No interior do edifício, a operação vai permitir reabilitar elementos degradados (na sala de espetáculos, mas também ao nível dos tetos, paredes e pavimentos), renovar e substituir os sistemas e equipamentos de climatização (de modo a beneficiar a sustentabilidade energética, o conforto térmico e a segurança) e remodelar e atualizar as instalações e os equipamentos elétricos desta peça do património cultural nacional.

Já a obra de reabilitação da arquitetura de cena do Teatro São João terá a missão particular de modernizar a estrutura de palco, nas suas vertentes mecânica, elétrica e informática. O nivelamento do palco, a substituição das quarteladas, a introdução de varas motorizadas e de novos motores pontuais e de consolas de comando são algumas das ações de melhoramento salvaguardadas.

Empreitada envolve investimento a rondar os 1,65 milhões de euros

Os procedimentos anunciados envolvem um valor total de investimento a rondar os 1,65 milhões de euros. Recorde-se que, em 2019, o Norte 2020 – Programa Operacional do Norte endereçou ao TNSJ um aviso-convite para uma candidatura com vista ao financiamento da requalificação do interior do Teatro São João e do programa comemorativo do seu centenário. O financiamento do Norte 2020 permite também levar a cabo a renovação, já em curso, do parque técnico (ao nível das componentes de iluminação cénica, som, vídeo e multimédia, direção de cena e de maquinaria para palco, oficinas e teia) e a promoção de espetáculos e outras iniciativas (como edições, uma exposição museográfica e um colóquio internacional). A dotação consignada totaliza 2,35 milhões de euros, financiados a 85%, com uma dotação de 2 milhões de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

- publicidade -