- publicidade -

As fardas são um elemento importante em qualquer estabelecimento de saúde, pois permitem identificar os profissionais que trabalham no hospital/clínica e as suas funções. Ajudam, ainda, a manter a imagem do local.

Escolher as fardas para os profissionais de saúde não é complicado, mas deve ter alguns pontos em consideração. Deixe que o ajudemos.

O que ter em conta ao escolher fardas para profissionais de saúde?

O tamanho deve ser o mais adequado

Uma das questões mais difíceis na escolha das fardas é escolher o tamanho adequado a cada profissional. Afinal, será necessário escolher um tamanho que não fique muito largo, mas também não fique muito apertado, para que o profissional fique confortável e consiga desempenhar a sua função da melhor forma possível.

Para que os profissionais tenham alguma variedade de escolha, o melhor é comprar em lojas que tenham uma grande oferta de tamanhos. Para que tenha uma ideia do que existe no mercado, a DAUTI, por exemplo, tem tamanhos que vão desde o XS até ao XXL.

Mas para ter a certeza que compra as fardas de saúde de tamanho certo, pode contactar um responsável da loja e perguntar quais são as medidas associadas a cada um dos tamanhos. Com base nisso, será mais fácil acertar nas fardas à primeira.

Se mesmo assim não estiver confiante, faça as fardas à medida.

A composição da farda é importante

Algumas fardas são melhores opções em questões de proteção, outras em questões de conforto e outras aguentem lavagens mais complexas. Dependendo das necessidades, pode ser preciso comprar fardas mais resistentes.

As fardas de algodão e poliéster, por exemplo, são excelentes opções porque oferecem conforto e durabilidade. Dentro das fardas de algodão, tem as de algodão orgânico que são mais amigas do ambiente e têm uma textura mais suave.

De qualquer forma, o mais importante é escolher uma farda de qualidade, de modo a aumentar a sua durabilidade.

Personalizar a farda irá oferecer diversos benefícios

Adicionar o logótipo à farda é a forma de personalização mais comum e irá garantir que todos os pacientes conseguem distinguir quem faz parte do hospital ou clínica. Essa não é, no entanto, a única forma de personalização.

As fardas também podem ter o nome, a função ou o serviço a que cada profissional pertence. Essa personalização extra será benéfica para os pacientes, que saberão, exatamente, com quem estão a falar, mas também para os profissionais, principalmente em serviços maiores.

Além disso, a personalização de fardas vai distinguir a clínica ou hospital da concorrência, porque o espaço ficará mais organizado e irá transmitir credibilidade e profissionalismo aos pacientes.

Diferentes fardas para diferentes profissionais

Alguns pacientes distinguem os profissionais através do tipo e cor do uniforme. As batas brancas são associadas aos médicos e os uniformes mais completos são associados a outros profissionais de saúde.

Além disso, cada função é associada, muitas vezes, a uma determinada cor. O mais comum é encontrar profissionais com uniformes brancos, verdes e azuis, mas não são limitados a essas três cores.

Esse sistema de cores e os tipos de farda facilitam, mais uma vez, o reconhecimento de profissionais.

Equipamentos laváveis

Além das questões acima, será importante saber que equipamentos necessita. Equipamentos laváveis, descartáveis ou esterilizáveis?

As opções laváveis podem ser reutilizadas após a lavagem, mas têm um número máximo de lavagens permitidas. Podem ser esterilizáveis.

Cada uniforme lavável tem instruções e essas devem ser seguidas para garantir que a qualidade do produto se mantém. As batas impermeáveis são excelentes exemplos deste tipo de equipamento.

Depois de lavados, alguns uniformes devem ser esterilizados. Mais uma vez, os produtos têm instruções que devem ser seguidas para que seja obtido o efeito desejado e para que não se perca a qualidade. As batas cirúrgicas reutilizáveis, por exemplo, devem passar por este processo.

O custo de uso destes uniformes é muito mais baixo do que o dos equipamentos descartáveis. Estes produtos também ocupam pouco espaço, são ecológicos e estão disponíveis com mais frequência.

Equipamentos descartáveis

Os equipamentos descartáveis são descartados após o primeiro uso. Sempre que for feito um novo procedimento, será necessário trocar a farda. As batas de proteção descartáveis, por exemplo, são muito usadas.

Estes equipamentos têm um custo muito mais elevado, esgotam mais facilmente e precisam de mais espaço de armazenamento. No entanto, em muitos procedimentos, podem ser a opção mais prática e segura.

As batas de proteção descartáveis devem ser colocadas num local próprio para serem eliminadas posteriormente.

Tendo estes pontos em mente, fica muito mais fácil comprar as fardas para os profissionais de saúde.

- publicidade -