- publicidade -

Podia começar por dizer que as gelatarias no Porto são uma cena gastronómica completamente renovada na cidade. Contudo, não estaria a ser correto. As gelatarias no Porto não são uma cena renovada porque não havia sequer nada para renovar. Havia algumas lojas e fábricas de renome, como a Sincelo e a Neveiros e locais no nosso imaginário como a La Copa ou a Piccolo Gel, que fecharam nos seus locais originais há muitos anos.

Mas os portugueses, tal como os italianos ou os croatas, sempre foram amantes de gelados, assumindo a sua sazonalidade com sofrimento e expectativa até à época seguinte. Quando a sazonalidade dos gelados se esbateu, e bem, toda a indústria e arte “gelateira” se desenvolveu. Felizmente que o Porto não foi exceção!

Hoje, sim, é possível assumir na cidade tendências e opções de gelatarias que andam há procura dos seus caminhos e novos clientes entre os entusiastas dos gelados e os turistas que procuram momentos de descanso das suas caminhadas.

O clássico reclamo da Sincelo. créditos: Paulo Russell-Pinto

Sincelo, a tradicional.

Até há pouco tempo era tão exemplar que até uma visita à sua loja da Rua de Ceuta era uma viagem de época. Com uma decoração renovada recentemente, mantém a elegância vintage e um espaço aberto e luminoso. Aqui encontro intactos os sabores tradicionais com quem fui crescendo, não perdendo nunca a oportunidade de comer o chocolate negro e o morango, fresco e ácido como se quer.

Santini, a clássica.

Feliz hora em que esta casa de gelados de Cascais expandiu o seu modelo de negócio para fora do local original e abriu espaços em Lisboa e no Porto.

Habituado desde a adolescência a deliciar-me mais do que uma vez por dia na Santini durante o verão, ter uma loja ao lado de casa daquela que foi considerada a melhor gelataria do país é um sonho realizado. Marabunta e Maracujá são só dois clássicos entre os muitos sabores únicos produzidos pela Santini.

Duas bolas da Cremosi. foto: Paulo Russell-Pinto

Cremosi, a inovadora.

Ao contrário das anteriores, é uma casa jovem. Partiu na frente e soube ver para onde ia o negócio. Apresentou sabores inovadores, alguns baseados em misturas improváveis, criados com muito equilibro e intensidade. Morango com manjericão e chocolate branco com laranja e açafrão são dois magníficos exemplos do que podemos degustar em qualquer das lojas do centro, da Cantareira ou de Matosinhos.

Gelataria Portuense, a gourmet. Pequena, intimista e reservada, a Gelataria Portuense é um espaço gourmet dedicado aos gelados. Divide o menu em vários grupos e presta imensa atenção à origem dos produtos, como é o caso do fantástico gelado de Avelã de Piemonte IGP, que dificilmente deixo de repetir sempre que lá vou. Quando visitei a loja, o país visado nos gelados “coleção” era a Grécia. A Portuense tem a capacidade de nos fazer viajar pelo mundo através dos sabores que propõe aos seus clientes.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.