InícioCulturaPPSBA, Mão Morta, Pop Dell’Arte e Bizarra Locomotiva são prendas neste Dezembro...

PPSBA, Mão Morta, Pop Dell’Arte e Bizarra Locomotiva são prendas neste Dezembro tripeiro

Published on

Dezembro é mês que está habituado a presentes e prendas e, este ano, no Porto há muitas e variadas para os apreciadores de concertos rock. Logo a abrir o mês, há Post Punk Strikes Back Again, o festival que fecha a temporada de festivais do presente ano, mas ao longo dos 31 dias de Dezembro há regressos à Invicta sempre muito apreciados e aguardados, como os casos de Mão Morta, Pop Dell’Arte, Capitão Fantasma ou Bizarra Locomotiva, e ainda algumas estreias em território nacional menos mediáticas.

The Chameleons. Créditos: Global News Portugal

Assim, nos dias 1 e 2, o Hard Club recebe a quinta edição Post Punk Strikes Back Again (PPSBA 5), o derradeiro festival do ano e que este ano apresenta como cabeças-de-cartaz os afamados The Chameleons e os New Model Army.

New Model Army. Créditos: Thomas Huntke

No dia 1, o cartaz, para além dos New Model Army, conta ainda com Ditz, Je T’aime, So Dead e Meryl Streek. No dia 2, Baudelaire, Scattered Ashes, Talk Show, Grandmas House e Structures fazem companhia aos The Chameleons.

Post Punk Strikes Back Again 5.

Quem não quiser ir ao PPBSA 5, na sala ao lado no Hard Club, tem os Conjunto Corona que apresentam o seu mais recente álbum editado «Estilvs Misticvs». Já no Barracuda, há Trinta & Um e Doink, para uma noite bem agitada.

No dia 2, a Associação Cultural Macaréu acolhe o regresso de The Melancholic Youth Of Jesus, banda nascida em meados dos anos 1990 e que ganha novo fôlego.

The Big Idea. Créditos: D.R.

Na segunda-feira (dia 4), a Casa da Música recebe a germânica Ute Lemper, no que será um pequeno resumo de uma carreira de quatro décadas, enquanto o Auditório CCOP acolhe os norte-americanos The Big Idea, que vêm apresentar o seu mais recente álbum « The Fabulous Expedition of Le Grand Vésigue».

Dois dias volvidos (6), na Socorro Record Store há psycho pop com os suecos Sunny AM, ao final da tarde.

Quinta-feira (dia 7), It Was The Elf e Damn Sessions sobem ao palco do Woodstock 69, enquanto os ucranianos Love’n’Joy e os belgas Manu Louis fazem o mesmo no Ferro Bar.

Bizarra Locomotiva. Créditos: André Henriques (ahphoto/Hard Club)

Dia 8, feriado, há festim no Hard Club. Seguramente repleto de escumalha (nome com que se auto-intitulam os fãs da banda da Margem Sul), a sala à beira-rio recebe os Bizarra Locomotiva, em mais uma etapa da apresentação do álbum «Volutrabo». No Barracuda, o palco é para os Orangotango e Desert Smoke.

No dia seguinte, sábado (9), as propostas são tantas que se sente bem o espírito natalício. No Bourbon Room, os Mão Morta regressam à Invicta, numa noite em que a abertura estará a cargo dos góticos NU:N, enquanto o Barracuda será tomado pelos Capitão Fantasma, algo que também promete muito. No Woodstock 69 a agitação está garantida com concertos dos galegos Amhra e Sacrosanta Decadencia Occidental e ainda dos portugueses Mizzura. Na Ribeira, no Citynizer Plaza, o protagonista é Slimmy, enquanto pela Socorro há punk hardcore com os Cold Sweat e os Doink.

Mão Morta. Créditos: Global News Portugal

No dia 10, no Largo do Amor de Perdição (à Cordoaria), a partir das 18h00, o palco é dos 5ª Punkada, banda da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra.

Quarta-feira (dia 13), o Hard Club é palco para a estreia em Portugal de Ishmael Ensemble, que vêm apresentar «Visions of Light», uma viagem entre o jazz e a música electrónica.

Dia 15, os Mata-Ratos e ainda os galegos Inn Oppiah! apresentam-se no Barracuda, enquanto o Maus Hábitos recebe os portugueses Bilrus, que propõem uma experiência musical que une o rock e a eletrónica.

Pop Dell’Arte. Créditos: Global News Portugal

No dia seguinte (sábado, 16), o Bourbon Room volta a dar nas vistas, apresentando os lisboetas Pop Dell’Arte, um concerto sempre intrigante e espectacular.

No domingo, a Casa da Música acolhe o regresso ao nosso país dos desconcertantes e magníficos Jazzanova. Ainda dia 17, no Auditório Francisco de Assis, o palco é da escocesa Kathryn Joseph e a apresentação do seu último álbum, «For You Who Are the Wronged», editado em 2022. Já na Socorro, há Xavalo Fest, com Yatana, Estrikinina, Ekcetera e O Triunfo dos Acéfalos.

Jazzanova. Créditos: D.R.

No dia 21, não há dor de cabeça que resista, porque, no Maus Hábitos há Aspirina #001, com Dokuga e Pester. Não há desculpa!

No dia seguinte (22), como já é tradição na época natalícia, o Barracuda dá palco aos Clash City Rockers. Noite obrigatória. No Citynizer Plaza há X-Mash Bash!, com Lollipots e Grind Fever, enquanto o Maus Hábitos recebe os Youth Yard e Dead Club.

Com o dia de Natal cada vez mais próximo, as prendas continuam e, dia 23, a Casa da Música recebe o canadiano Patrick Watson, que vai mostrar o seu último álbum, «Better In The Shade», editado em 2022. Já no Barracuda, a noite é portuense com os Memorial State e os Heavy Ocean, enquanto no Woodstock 69 há Xmas Acid Test, com The Black Wizards, um concerto de entrada livre. Na Socorro, o final da tarde é de doom, post-rock e post-metal, com os Palegazer e os Verbian.

Patrick Watson. Créditos: Alexandre Normand

Dia 27, já com as filhoses comidas, os germânicos Grand Sun sobem ao palco do Ferro Bar para mais uma etapa da digressão «Something More Fall 2023».

No dia seguinte (28), o Maus Hábitos dá palco aos Gonzo, quarteto de músicos que explora os extremos musicais e que vai apresentar o álbum epónimo de estreia.

GNR. Créditos: Global News Portugal

E com o fim do ano a chegar, dia 29, na Casa da Música há GNR, enquanto no Barracuda a noite é dos 47 de Fevereiro.

No dia seguinte (30), mais uma banda nacional mítica sobe ao palco da Casa da Música, e não vêm em cavalos de corrida… são os UHF.

Já na noite de Passagem de Ano a festa no Barracuda tem como brinde um concerto dos Sereias.

Sereias. Créditos: Global News Portugal

Como se vê, depois de um ano repleto de concertos e grandes actuações dos mais diversos estilos de rock na cidade do Porto, Dezembro fecha o ano em beleza. Difícil, por vezes, é escolher.

últimos artigos

FC Porto volta a golear e agora frente ao Al Arabi

O FC Porto venceu o Al Arabi, do Catar, por 4-0, num particular de...

Câmara do Porto veda edifício para evitar aumento de insegurança

A Câmara do Porto vedou, esta terça-feira, o antigo edifício da Direção de Recrutamento...

Mais oito nomes fecham o cartaz do SonicBlast Fest’24 para os dias 8, 9 e 10 de Agosto

O SonicBlast Fest anunciou os últimos oito nomes para o cartaz da 12.ª edição...

Obra da Linha Rubi (H) a todo o vapor [com imagens]

A Metro do Porto divulgou esta quarta-feira imagens da obra que vai fazer nascer...

mais artigos

FC Porto volta a golear e agora frente ao Al Arabi

O FC Porto venceu o Al Arabi, do Catar, por 4-0, num particular de...

Câmara do Porto veda edifício para evitar aumento de insegurança

A Câmara do Porto vedou, esta terça-feira, o antigo edifício da Direção de Recrutamento...

Mais oito nomes fecham o cartaz do SonicBlast Fest’24 para os dias 8, 9 e 10 de Agosto

O SonicBlast Fest anunciou os últimos oito nomes para o cartaz da 12.ª edição...