- publicidade -

O Município de Gondomar reafirma-se enquanto “Capital da Ourivesaria” em Portugal, através da candidatura da Filigrana de Gondomar a uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular de Portugal.

Esta técnica ancestral de ourivesaria consiste em torcer dois fios de ouro ou prata, usualmente muito finos, que são depois aplicados a molduras com várias formas, preenchendo-as com um rendilhado delicado. Da fundição à peça final vai um longo caminho, o que torna a filigrana um campo privilegiado na ourivesaria gondomarense, ocupando um lugar de destaque entre as criações dos ourives locais, também designados como “Filigraneiros”.

A presença deste metal precioso na região conduziu à sua transformação e no aperfeiçoamento de técnicas e saberes mantidos até aos nossos dias. Atualmente, a técnica ainda é concebida em oficinas de pequena escala, de cariz familiar, passadas de geração em geração.

Orgulhoso deste legado e ciente da sua importância económica e sociocultural, o Município tem desenvolvido esforços no sentido de preservar e valorizar a Filigrana enquanto um dos seus ícones municipais. Entre os diversos projetos empreendidos destacam-se a Rota da Filigrana, um produto turístico que permite a visita às oficinas tradicionais, a candidatura a Património Imaterial da Humanidade da UNESCO e o maior Coração em Filigrana do Mundo.

- publicidade -