©Ira Marconi
- publicidade -

Promovido pelo Teatro Nacional São João após ter deflagrado a guerra na Ucrânia, o programa Ucrânia – Palco Livre atribuiu ao longo dos últimos meses onze bolsas artísticas a profissionais da cultura ucranianos refugiados em Portugal. A primeira etapa deste processo cumpre-se agora com a apresentação pública de Cinco Estações, cinco projetos criados no seio deste programa que vem promovendo a integração de artistas e outros profissionais da cultura ucranianos numa estrutura de produção estável. As apresentações vão decorrer este domingo, dia 31 de julho, a partir das 16 horas, no Teatro Carlos Alberto. A entrada é livre. 

Cinco Estações são cinco quadros, cinco testemunhos artísticos que ajudaram os participantes do programa a resistir, a falar e a continuar. Em A Minha Mãe Está Doente, a partir de Através da Pele, da dramaturga ucraniana contemporânea Natalia Blok, a encenadora Svitlana Gordiienko apresenta um breve ensaio sobre os efeitos, no consciente e no subconsciente, da guerra e do que vier depois dela. Daria Zhuravel convocou os participantes para verterem na curta-metragem Postal cenas do processo interior de superação da experiência traumática que os une, enquanto a pianista Iryna Kudielina vai interpretar obras dos compositores ucranianos Mark Karminsky, Valentyn Silvestrov e Olena Antonik.  

O programa completa-se no foyer do Teatro Carlos Alberto com Palco Livre: Crónicas, uma projeção de fotografia de Ira Marconi, fruto de uma residência artística que permitiu observar o funcionamento de um Teatro Nacional ao longo de três meses, e com Vidpunkto, um projeto de videodança de Daria Yeremenko. 

Para além de criarem os projetos autónomos que agora vão dar a conhecer, os participantes de Ucrânia – Palco Livre, profissionais de disciplinas como o teatro, a dança, a música, o vídeo e a fotografia, dirigiram também oficinas e outras atividades do Centro Educativo do Teatro Nacional São João, promoveram concertos e envolveram-se nas produções do São João. 

O programa Ucrânia – Palco Livre conta com o envolvimento de empresas e de outras entidades, como são os casos do Super Bock Group, da Simoldes Plastics, do Grupo Continental e da Fundação GDA. 

- publicidade -