- publicidade -

A Orquestra Jazz de Matosinhos está de volta aos concertos depois de três meses do confinamento imposto pelo Covid-19. E para celebrar o regresso das actividades culturais, ditado pelo Governo para o dia 1 de Junho, a big band oferece, na próxima segunda-feira, um concerto na Real Vinícola, pelas 19h00 e com entrada livre – limitada à lotação do espaço e seguindo as orientações da Direcção Geral de Saúde.

O director da OJM, Pedro Guedes, explica a vontade a tocar e partilhar com o público a sua música: “Estamos parados há bastante tempo, demasiado. Como todos os portugueses queremos recuperar alguma normalidade, reconhecendo e respeitando os cuidados a que os tempos obrigam. Agora que são conhecidas as regras para o regresso da actividade cultural sentimos que estava na hora de voltar a tocar e ser ouvidos. É, para nós, uma necessidade, mas também sentimos a obrigação de retribuir à sociedade todo o apoio que recebemos, dos mais diversos organismos, trazendo de volta a Música ao espaço público.”

Três meses depois de terem adiado o concerto do Ciclo Novos Talentos, aquando do início da pandemia, a OJM está de volta aos palcos e convida todos os amigos e seguidores para um concerto cujo repertório vai percorrer a época do jazz clássico revisitando algumas das mais importantes obras para grande orquestra de jazz. De Count Basie a Duke Ellington, passando por Sy Oliver, Gil Evans e Fletcher Henderson.
 
A entrada de público na Real Vinícola irá acontecer por ordem de chegada e de forma controlada, seguindo todas as regras de segurança, a partir das 18h00. O concerto tem início às 19h00.

Comentários

comentários

- publicidade -