Bashar-al-Assad. 1º Prémio Caricatura e Grande Prémio WPC 2019

Uma caricatura de Bashar-al-Assad, trabalho a quatro mãos dos autores espanhóis Javier Carbajo e Sara Rojo, mereceu a distinção com o Grand Prix da 14ª edição do WORLD PRESS CARTOON, o grande evento anual do desenho de humor na imprensa internacional, que ontem abriu portas no Centro Cultural e Congressos das Caldas da Rainha. Primeiro prémio na respectiva categoria, o desenho foi publicado no jornal espanhol ABC, em Abril de 2018. Entre os nove premiados desta edição, Javier Carbajo e Sara Rojo arrecadaram o maior prémio monetário, no valor de 10 mil euros. Entre as caricaturas, o júri atribuiu o 2º prémio à obra Angela Merkel, de outro espanhol, Joaquín Aldeguer, publicado na revista El Jueves. O 3º prémio foi para Martin Luther King, do autor brasileiro Cau Gomez, publicado no jornal francês Le Monde Diplomatique.

A cerimónia da entrega dos troféus decorreu num espectáculo onde o humor imperou, com a passagem pelo palco de personalidades marcantes do cartoon internacional e da vida cultural das Caldas da Rainha. O director do salão, o cartoonista português António Antunes, destacou que os membros do júri viram passar diante dos seus olhos «as fake news de Trump, as idiotices do Bolsonaro, a tragicomédia do brexit, as matrioskas de Putin, o olhar misterioso e calculista de Xi e o cortejo costumeiro de fomes, guerras, refugiados e o evidente aquecimento global. Eis o que os visitantes da nossa exposição podem apreciar e que certamente lhes arrancará uma boa gargalhada e muitos sorrisos.» O presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Fernando Tinta Ferreira, falou por sua vez da mais valia que o World Press Cartoon traz à cidade: «O sucesso alcançado pela duas edições anteriores fez com que as Caldas da Rainha venham de novo a receber a edição do World Press Cartoon 2019.

World Press Cartoon distingue ainda trabalhos em duas outras categorias. Em Desenho de Humor, o 1º prémio foi atribuído ao mexicano Boligán, para a obra Reload, o 2º prémio foi para Cheias em Veneza, do português André Carrilho, e o 3º prémio distinguiu Autocarros, do autor francês Constantin Sunnerberg. Trabalhos realizados para as publicações El Universal, Diário de Notícias e Courrier International, respectivamente.

Na categoria Cartoon Editorial, o 1º prémio foi atribuído ao cubano Ramsés Morales, pelo seu desenho Cuba Pal Taller, publicado no websiteamericano OnCuba, e o 2º prémio foi para A Causa do Medo, do turco Halit Kurtulmus, publicado na plataforma de cartoons holandesaCartoon Movement. O 3º prémio foi entregue ao artista búlgaro Nikolov Tchavdar, por America First, das páginas do jornal búlgaro Prass Press.

Os desenhos foram avaliados por um júri internacional que integrou, para além do representante da organização, António Antunes, os cartoonistas Maria Picassó (Espanha), Óscar Grilo (Argentina), Cássio Loredano (Brasil) e o designer Manuel Peres (Portugal). Participaram na competição 900 obras, publicadas em 68 países. A selecção dos melhores trabalhos concorrentes constitui a exposição que estará aberta ao público, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha, com entrada livre, a partir de hoje e até 28 de Julho. O visitante pode levar todos estes desenhos para casa, adquirindo o catálogo à venda no local.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments