- publicidade -

O FC Porto Vintage recebeu e venceu o Barcelona no Dragão Caixa por 13-10, num jogo onde Rui Barros foi uma seta sempre apontada à baliza do turma espanhola. O jogo contou para a Liga Fertibéria de futebol indoor e foi uma verdadeira final antecipada. O próximo desafio é a semi-final frente ao Celta de Vigo, dentro de duas semanas.

Num pavilhão praticamente lotado, os dragões levaram a melhor sobre um Barcelona muito forte, mas que não foi suficiente para um FC Porto verdadeiramente Vintage.

A figura do jogo foi sem sombra de dúvidas Rui Barros que marcou nada mais nada menos que 7 golos e ainda teve tempo para fazer algumas assistências para outros golos. Mário Silva com três golos, Capucho com dois e Bessa com um, foram os restantes marcadores.

Os dragões dominaram sempre o jogo, apesar do primeiro golo ter pertencido ao Barcelona por Ezquerro aos 3 minutos. Mas Rui Barros, claro está, depressa empatou a partida. Uma das melhores jogadas aconteceu ao minuto 21′, momento em que o FC Porto arranca em contra-ataque e mais uma vez Rui Barros concretiza com sucesso e colocou os dragões em vantagem por 4-3. O intervalo chegou com um empate a cinco bolas.

A segunda parte continuou muito renhida, mas quem tem um Rui Barros tem tudo e o jogador portista marcou quatro golos na segunda metade, acrescentando aos três tentos marcados na primeira parte. O Barcelona, que teve sempre uma atitude muito critica para com o árbitro Joaquim Bonifácio, esteve sempre na peugada dos dragões. E só aos 59 minutos com o golo de Bessa a fazer o 12-9, se sentiu que a vitória não ia escapar aos dragões. Tudo começou com o guardião Rui Correia faz uma grande defesa e o FC Porto aproveita para fazer um contra-ataque que culminou com o golo de Bessa e matar o jogo.

Arpón ainda fez o décimo do Barça, logo a seguir, mas seria insuficiente, já que Mário Silva marca novo golo, colocando novamente a vantagem portista em três golos. Dia 14 de junho o FC Porto mede forças numa semi-final frente ao Celta de Vigo.

 

FC Porto

Equipa inicial: Rui Correia (GR), Pedro Emanuel, Rui Barros, Fernando Gomes (capitão), Mário Silva.

Jogaram ainda: Bessa, Bino, Capucho e Domingos Paciência.

Cartões amarelos: Rui Barros, Bino

Golos marcados: Rui Barros 7, Mário Silva 3, Capucho 2, Bessa 1

Treinador: Luís Castro

 

FC Barcelona

Equipa inicial: Felip (GR), Albert Tomás, Sanchéz Jara (capitão), Ezquerro, Arpón.

Jogaram ainda: Reiziger, Mingo Plavevall, Luque, Antonio Pinilla, Quique Martin e Julio Iglesias.

Cartões amarelos: Mingo Plavevall, Sanchéz Vara

Golos marcados: Ezquerro 3, Arpón 3, Reiziger 2, Albert Tomás 1, Quique Martin 1

Treinador: Javier Mulero Villena

Equipa de arbitragem: Joaquim Bonifácio e Anibal Fernandes

 

Marcha do marcador: 5m 1-1, 10m 2-1, 15m 3-2, 20m 3-3, 25m 4-4, 30m 5-5, 35m 6-5, 40m 7-7, 45m 8-8, 50m 9-9, 55m 11-9, 60m 13-10

 

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.