créditos: MdM
- publicidade -

A Médicos do Mundo (MdM) lançou hoje uma angariação de fundos para apoiar a operação de emergência Embondeiro, em Moçambique, numa parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa. Ambas as organizações deslocam equipas especializadas em emergência que partem para o terreno na próxima segunda-feira.

No aeroporto da Beira, a cidade mais afectada pelo ciclone Idai, vai ser montado um hospital de campanha com 50 camas. A equipa, composta por médicos, enfermeiros, pessoal logístico e farmacêuticos, vai reforçar a prestação de cuidados primários de saúde. A MdM será ainda responsável pela gestão da farmácia do hospital de campanha e apoio medicamentoso às unidades hospitalares locais. 

Para suportar esta operação, a Médicos do Mundo iniciou hoje uma angariação de fundos e todos os que pretendam apoiar podem fazê-lo por transferência bancária, através da conta de emergência PT50 0035 0551 00007722130 32.

Uma segunda equipa, da delegação espanhola da Médicos do Mundo, chega a Moçambique na segunda-feira para uma missão de emergência. Constituída por especialistas em ajuda humanitária, a equipa vai avaliar os danos causados pelo ciclone e apoiar na prestação de cuidados primários de saúde.

A delegação espanhola da Médicos do Mundo trabalha há 19 anos no distrito de Matola (província de Maputo) e em Cabo Delgado. Em Matola são realizadas intervenções inovadoras, em projectos de desenvolvimento, que unem organizações da sociedade civil, organizações comunitárias locais e governo na luta contra a violência de género e defesa dos direitos das mulheres.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.