- publicidade -

A revista Time acaba de eleger Greta Thunberg como personalidade do ano de 2019. A ativista sueca de 16 anos, fez nascer um movimento internacional de estudantes que exigem medidas concretas para enfrentar as mudanças climáticas.

Tudo começou em 2018, numa sexta-feira do mês de agosto. Greta Thunberg resolveu faltar às aulas para protestar contra os muitos incêndios e ondas de calor que castigavam o seu país. Para concretizar o seu protesto, assentou arraiais em frente ao Parlamento da Suécia com um cartaz a dizer “Em greve escolar pelo clima”

Este protesto impulsionou milhares de jovens de todo o mundo a mobilizarem-se e a fazerem-se ouvir.. E todas as sextas-feiras faziam o mesmo, para se fazerem ouvir o mais possível. Este movimento global passou a ser conhecido como “Fridays for future”.

Greta Thunberg já discursou, por exemplo, na ONU, em setembro último. Uma das coisas que disse foi “Vocês roubaram os meus sonhos e infância. Estamos no início duma extinção em massa e a única coisa que vocês falam é sobre dinheiro e o conto de fadas de crescimento económico eterno. Como se atrevem?”.

Greta Thunberg é eleita "Personalidade do Ano" para a revista Time | Greta Thunberg já discursou, por exemplo, na ONU, em setembro último. Uma das coisas que disse foi “Vocês roubaram os meus sonhos e infância. Estamos no início duma extinção em massa e a única coisa que vocês falam é sobre dinheiro e o conto de fadas de crescimento económico eterno. Como se atrevem?”.  Global News Portugal, 2020

Comentários

comentários

- publicidade -