- publicidade -

A conferência «Plataforma Azul – de Macau para Gaia» levará ao auditório de Mafamude, a 20 de Setembro, entre as 10 e as 17 horas, os principais líderes políticos e académicos nacionais e estrangeiros para debater a sustentabilidade do uso dos oceanos e a economia azul numa perspetiva mais global. Promovido pelo Semanário «Plataforma» de Macau, o ciclo de debates procura aprofundar a discussão sobre os conceitos de economia azul, sustentabilidade, energia alternativa, entre outras temáticas que estão no centro estratégico dos Países de Língua Portuguesa (PLP) e que são abordados em todo o planeta.

Macau assumir-se-á, nesta conferência do FIGaia 2019, como porta asiática para a lusofonia e a porta da Grande Baía para o mundo lusófono, realçando a sua importância enquanto ponte entre a China a os Países de Língua Portuguesa e destacando a relação com Portugal que passa pelo desenvolvimento da cooperação e no âmbito da participação no projeto da Grande Baía.

«Oceanos e Sustentabilidade: oportunidades e desafios» será o tema do painel que irá colocar representantes das Universidades do Porto (CIIMAR), Açores, Aveiro, Algarve, Instituto Hidrográfico da Marinha Portuguesa, Universidade Chinesa de Cantão e Universidade de Macau a debater soluções. Por sua vez, o tema «Plataforma Azul para uma rede de cidades e regiões» contará com nomes como Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, Walter Manuel Cavaleiro Chicharro, presidente da Câmara Municipal da Nazaré, Abel Caballero, alcalde de Vigo e Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, para além de representantes do Governo de Macau e de cidades chinesas. A cooperação será o mote das discussões.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.