- publicidade -

A autarquia informou, em comunicado, que “um despacho do presidente da Câmara do Porto deu hoje cumprimento a restrições anunciadas há dias para a noite de São João”.

Os “cafés e lojas de conveniência fecham às 19 horas e restaurantes não podem ter ninguém dentro depois das 23 horas”.

No mesmo comunicado, a Câmara do Porto adianta ainda que “as salas de espetáculos não poderão funcionar”. Isto significa que o espetáculo “Deixem o pimba em paz”, de Bruno Nogueira e Manuela Azevedo, marcado para o Coliseu do Porto Ageas, para as 21 horas do dia 23 de junho não se vai realizar.

A autarquia informa ainda “o corte de trânsito automóvel e pedonal na Ponte Luís I e às restrições no transporte público. As festas oficiais e espetáculos estão cancelados, conforme anunciado a 4 de abril”.

Este despacho, assinado por Rui Moreira, determina ainda que:

Os estabelecimentos de bebidas, sem espaço de dança, que não disponham de CAE que permita a confeção de refeições, como sejam cafés, pastelarias e similares encerram a partir das 19h00 do dia 23 de junho e até às 8h00 do dia 24 de junho;

b) Com fundamento em relatório emitido pelo Serviço Municipal de Proteção Civil do Município do Porto, em anexo, o encerramento das salas de espetáculos e recintos similares, a partir das 19h00 do dia 23 de junho e até às 8h00 do dia 24 de junho;

c) Os estabelecimentos de restauração, que disponham de CAE que permita a confeção de refeições encerram a partir das 23h00 do dia 23 de Junho e até às 8h00 do dia 24 de junho.

Comentários

comentários

- publicidade -