Obras de restauro do Mercado do Bolhão obrigam ao corte da Rua Alexandre Braga aos transportes de passageiros

As obras em curso para restaurar o Mercado do Bolhão obrigam a fechar a Rua de Alexandre Braga aos veículos de transporte coletivo de passageiros já a partir da próxima terça-feira, dia 5 de fevereiro. Por esse motivo, os términos de algumas linhas de autocarros serão transferidos nessa data daquele local para a Rua do Bolhão, outros para o Campo de 24 de Agosto e outros para o Terminal do Dragão.

A Estas medidas envolvem diversas linhas dos diferentes operadores de transporte de passageiros, consoante informações a afixar nos vários locais onde se registam alterações:

No caso da empresa Gondomarense, as linhas 55 (Porto-Baguim/Alto da Serra),69 (Porto-Seixo/Largo do Calvário) e 70 (Ermesinde/Estação-Porto) deixam de efetuar serviço entre o Campo de 24 de Agosto e a Rua de Alexandre Braga, ou seja, têm a sua última paragem no Campo de 24 de Agosto.

No que respeita à STCP e Valpi, as linhas 401 (Bolhão-S. Roque), 700+V94(Bolhão-Campo) e 800 (Bolhão-Gondomar) têm como última paragem “Bolhão” (Metro) junto ao Mercado Temporário do Bolhão. Estes serviços no sentido S. Roque/Gondomar ou Campo têm a sua primeira paragem (Bolhão) na Rua da Firmeza junto ao número 575 (entre a Rua do Bolhão e a Rua de Sá da Bandeira), retomando o percurso atual pela Rua Formosa e efetuando a paragem “Santa Catarina” (na Rua Formosa junto ao número 247, logo acima do cruzamento com a Rua de Santa Catarina).

Plano de mobilidade na zona do Dragão a partir do dia 5 de fevereiro

Alterações do Campo 24 de Agosto para o Dragão

A par das obras do Bolhão, estão também a decorrer intervenções na Rua de Fernandes Tomás (no troço entre a Rua de Sá da Bandeira e a Rua da Trindade) e na Avenida de Fernão de Magalhães (incluindo no Campo de 24 de Agosto).

Parque da Alfândega e circulação no Centro Histórico com novas regras – Global News Portugal

Resolver o problema crónico da falta de estacionamento dos moradores da zona de Miragaia e disciplinar a circulação dos autocarros turísticos ocasionais na Zona Histórica ribeirinha constituem os principais motivos para que o Executivo tenha deliberado hoje introduzir novas regras no acesso ao Parque de Estacionamento da Alfândega.

Assim, também a partir de terça-feira 5 de fevereiro, todas as linhas de transporte público com entrada na cidade do Porto pela Rua de São Roque fazem a paragem na “Corujeira” e deixam de circular entre esta e os seus atuais términos, desviando para o Terminal Estádio do Dragão. A última/primeira paragem das seguintes linhas no Porto passará a ser o Terminal Estádio do Dragão:

Gondomarense

27 – Boca da Foz do Sousa (Ponte)-Porto (por S. Roque da Lameira)

29 – Lixa-Porto

33 – Porto-Valongo (Sobrado de Cima)

33A – Porto-Valongo (Sobrado de Cima)

33B – Porto-Valongo (Sobrado de Cima)

34 – Porto-Terronhas

Valpi

1 – Milhundos-Porto

Albano Esteves Martins

5 – Modelos (Cruzamento)-Porto

Auto Viação Pacense

106 – Paços de Ferreira-Porto (Parque Régulo Magauanha) – (por Frazão e S. Roque)

Auto Viação Landim

514 – Cabeceiras de Basto-Porto (Parque Régulo Magauanha)

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments