Em Surdina – ensaio de imprensa

Numa dimensão sonora distinta e entre movimentos quase orbitais em palco, recorrendo à língua gestual portuguesa que se insinua a partir do silêncio, os intérpretes de “ Em Surdina” ensaiam para aprimorarem aquilo que querem demonstrar em palco amanhã, sexta-feira e sábado, pelas 21h30, no Teatro do Campo Alegre, no Porto.

Enquanto vislumbramos os movimentos, os eixos e os gestos dos intérpretes vamos escutando o efeito sonoro de uma composição musical apropriada para surdos, ainda que haja gente em palco que pertença ao universo dos ouvintes. É um outro pulsar, onde as vibrações do som são a gramática sensorial para a compreensão coreográfica. O Global News fez questão de estar presente no ensaio de imprensa e de ouvir os depoimentos de Marco Ferreira da Silva, a quem pertence a direcção artística e a criação coreográfica, bem como os intérpretes Matilde Oliveira, Ana Beatriz Silva, Tiago Sá e Nelson Carvalho. No final há um convite especial…

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments