DR
- publicidade -

Raúl Alarcón é o vencedor da 80ª Volta a Portugal e pelo segundo ano consecutivo. A W52-FC Porto também venceu por equipas, conquistando este título no último dia da Volta, ou seja, no contrarelógio.

Mais uma vez Raúl Alarcón voltou a ser grande. Pelo segundo ano consecutivo, o ciclista espanhol vence a Volta a Portugal, terminando este domingo, em Fafe, com um contrarelógio individual de 17,3 quilómetros.

Alarcón tinha chegado ao último dia com uma vantagem de 1m01 sobre Joni Brandão (Sporting-Tavira) e 1m48s sobre Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano-Uli).

Apesar de Raúl Alarcón ter chegado à meta com o terceiro melhor tempo (25m51s), foi mais que suficiente para garantir a segunda vitória na Volta a Portugal, depois de a ter conquistado em 2017.

A W52-FC Porto conseguiu colocar cinco corredores entre os top-10 do contrarrelógio, o que lhe garantiu a vitória coletiva nesta edição da Volta.

Geral Individual final
1º Raúl Alarcón 41h15m32
7º João Rodrigues +5m27
8º Ricardo Mestre +6m35
35º António Carvalho +39m34
39º Gustavo Veloso +42m32
42º César Fonte +45m36
85º Rui Vinhas +1h44m14s

Geral Equipas
1º W52 – FC Porto

Geral Pontos
2º Raúl Alarcón

Geral Montanha
1º Raúl Alarcón

Conbinado
1º Raúl Alarcón

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.