Ana Sarmento. Foto: André Neto
- publicidade -
Foto: André Neto

A oitava edição da Miss Sumol Cup chega já no dia 23 de Agosto e, durante cinco dias, na praia da Costa Nova, em Ílhavo, será tempo de espectáculo desportivo, convivência saudável e multicultural, no areal e no mar, e muita beleza feminina com feições dos mais variados povos do Mundo.

Ano após ano, a prova que vai na sua oitava edição tem granjeado fama junto dos amantes dos desportos de ondas e cativado novos apreciadores, especialmente, entre os veraneantes das praias da região de Aveiro, fruto das performances espectaculares que as competidoras garantem onda após onda, num mar reservado só para elas. É que para além do que se pode assistir, a Associação de Surf de Aveiro (ASA) volta a proporcionar aulas de bodyboard e surf a todos os interessados, que ano após ano crescem em número e variam na idade.

Este ano, o figurino da prova sofre uma ligeira alteração, com a competição de bodyboard a abrir o evento (dias 23 a 25) e o surf, a contar para a liga nacional, a fechar (dias 26 e 27).

AS MELHORES DO MUNDO

A competição de Ílhavo, como é habitual, reúne na prova de bodyboard as melhores atletas do Mundo na busca do título actualmente nas mãos de Nicolle Calheiros. A brasileira venceu em 2012 após uma extraordinária final, em que derrotou a porto-riquenha Natasha Sagardia, a australiana Lilly Pollard e a alemã Joana Schenker, que se lhe seguiram na classificação final por esta ordem.

Nicolle Calheiros estará na Costa Nova para defender o seu título e afirma-se muito motivada.

Estou super animada para chegar a Ílhavo. A minha responsabilidade é maior este ano, mas como todos os anos me sinto em casa”, sustenta a carioca, sublinhando o carinho com que é recebida na prova organizada pela ASA e sobre a qual é taxativa: “A Miss Sumol Cup é o melhor evento em que já participei! Tudo é feito com cuidado, pensando no bem-estar das meninas! Nós sentimo-nos respeitadas e felizes num ambiente como o da Miss Sumol”.

A vencedora de 2012 explica porque considera a prova da Costa Nova a “melhor” em que já competiu.

O que mais gosto neste campeonato, fora a reunião exclusivamente feminina, é da organização da prova! Temos tudo que precisamos ao nosso alcance”, sublinha, avançando o que diferencia esta de outras provas a nível mundial: “Ela é cuidadosamente pensada para nós atletas! E quando isso acontece nos sentimos tão bem que queremos estar presente todos anos”.

Sem papas na língua, a brasileira declara-se: “Eu amo a Miss Sumol Cup e admiro todos que estão envolvidos”.

É com este espírito que não só Nicolle Calheiros, mas a totalidade das competidoras, tanto do bodyboard, como as que disputam a liga nacional de surf, chegam à praia da Costa Nova e, invariavelmente, se deliciam no mar e deliciam quem as vê em acção.

Daí que, para esta edição da Miss Sumol Cup, a carioca, cujas raízes estão em Portugal, formule um simples desejo: “Altas ondas, muito Sol e que eu consiga dar o meu melhor”.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.