Filmes de Prince, Ryuichi Sakamoto, PAUS e Pop Dell’Arte apresentados no Porto/Post/Doc

- publicidade -

Está fechada a programação para o Transmission do Porto/Post/Doc, que promete dar a ver (e ouvir) o melhor da música contemporânea através de filmes, concertos e performances. PrinceRyuichi SakamotoM.I.A ou The Velvet Underground são alguns dos artistas em foco entre 24 e Novembro e 2 de Dezembro no festival de cinema portuense. No plano nacional, destaque às estreias em sala de cinema de Ainda Tenho Um Sonho Ou Dois – A História Dos Pop Dell’ArtePAUS Madeira e o regresso ao histórico Chico Fininho.

A estreia nacional de Sign O’ The Times, escrito e realizado pelo músico Prince, marca a cerimónia de entrega de prémios do festival, no dia 2 de Dezembro, no Teatro Municipal do Porto – Rivoli. O filme documenta a apresentação ao vivo do álbum homólogo do compositor norte-americano, no final dos anos 80, com uma combinação de gravações de concertos na Holanda e na Bélgica e nos estúdios Paisley Park. Em estreia também, um documentário sobre Ryuichi Sakamoto, um dos maiores génios da música contemporânea, que regista a interpretação ao vivo inédita, em Nova Iorque, do seu oitavo álbum, “Async”. Num registo diferente, o documentário “MATANGI / MAYA / M.I.A.” retrata a estrela do hip-hop M.I.A. nas suas mais variadas facetas: da música ao activismo. É um filme-acontecimento.

Em português, o Porto/Post/Doc exibe documentários que olham algums dos nomes que marcam o presente do panorama musical nacional: Ainda Tenho Um Sonho Ou Dois – A História Dos Pop Dell’Arte, de Nuno Duarte e Nuno Galopim, PAUS Madeira, de Ernesto Bacalhau, e Escola do Rock, de Amadeu Pena da Silva, co-produzido pelo próprio festival. Regresso, ainda, à década de 80 com a nostalgia de Chico Fininho, o mítico filme de Sério Fernandes.

A programação de filmes da secção Transmission inclui ainda o mais recente filme do realizador galego Lois Patiño, O Espírito de Pucho Boedo, e Rudeboy: The Story Of Trojan Records, de Nicolas Jack Davies. A curta-metragem The Velvet Underground Played At My High School, de Tony Jannelli e Robert Pietri, será exibida em conjunto com um showcase de apresentação do novo álbum do músico Little Friend.

O festival apresentará ainda mais três momentos musicais: um concerto de Joana Gama e Luís Fernandes acompanhado de projecção de imagens imersivas da galáxia, a acontecer no Planetário do Porto – Centro de Ciência Viva; um concerto de Valentina Magaletti e João Pais Filipe, em parceria com a Lovers & Lollypops e o Teatro Municipal do Porto, e ainda uma performance do colectivo purge.xxx, no âmbito do lançamento do disco de estreia de Chris Petit – realizador que estará em foco no festival – e dos Mordant Music.

O Porto/Post/Doc decorre entre 24 de Novembro e 2 de Dezembro no Teatro Municipal do Porto – Rivoli, no Cinema Passos Manuel, no Cinema Trindade, no Planetário do Porto – Centro Ciência Viva, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e Escola das Artes – UCP.

PROGRAMAÇÃO TRANSMISSION

Ainda Tenho Um Sonho Ou Dois – A História Dos Pop Dell’Arte, Nuno Duarte, Nuno Galopim, doc., Portugal, 54′, 2018
Escola do Rock, Amadeu Pena Silva, doc., Portugal, 50′ , 2018
MATANGI / MAYA / M.I.A., Steve Loveridge, doc., EUA, Reino Unido, Sri Lanka, 97′, 2018
O Chico Fininho, Sérgio Fernandes, fic., Portugal, 87′, 1982
O Espírito de Pucho Boedo, Lois Patiño, doc., Espanha, 66′, 2018
PAUS Madeira, Ernesto Bacalhau, doc., Portugal, 44′, 2018
Rudeboy: The Story Of Trojan Records, Nicolas Jack Davies, doc., EUA, 81′, 2018
Ryūichi Sakamoto: Async at the Park Avenue Armory, Stephen Nomura Schible, doc., EUA, Japão, 65′, 2018
Sign O’ The Times, Prince, doc., EUA, 87′, 1987
The Velvet Underground Played At My High School, Tony Jannelli, Robert Pietri, doc. EUA, 8′, 2018

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.