Conferência de imprensa: Beneficiação de arruamentos na Cidade do Porto

Em conferência de imprensa realizada esta quinta-feira, onde estiveram presentes Rui Moreira, Presidente da Câmara do Porto, Cristina Pimentel, vereadora com o pelouro dos Transportes, e Manuel Paulo Teixeira, diretor municipal da Mobilidade e Transportes, o executivo informou que a Avenida Fernão de Magalhães vai sofrer uma intervenção profunda de reabilitação urbana, entre o Campo 24 de Agosto e a Praça Dr. Francisco Sá Carneiro.

Esta intervenção “prevê uma requalificação integral de todo o espaço urbano, incluindo a sua arborização, a par com a introdução de um Corredor de Autocarros de Alta Qualidade, com o intuido de melhorar as condições de mobilidade do Transporte Público neste eixo estratégico”. Este corredor será utilizado em exclusivo por transportes públivos, ou seja, autocarros, não estando autorizadas motos, como se verifica nas restantes faixas “Bus” na cidade do Porto.

Esta empreitada tem um valor de investimento de 5.261.000€. Os trabalhos arrancam durante este mês de setembro, com um prazo de 540 dias. Os trabalhos serão divididos em “4 fases distintas de modo a mitigar os impactos no trânsito e no quotidiano dos que habitam e trabalham nesta artéria”.

“A Avenida Fernão Magalhães teve sempre um grande protagonismo ao nível da mobilidade. É um grande eixo de entrada na cidade por São Roque e sempre teve uma forte carga rodoviária”, sublinhou Manuel Paulo Teixeira.

Já Rui Moreira destacou a criação do corredor bus, que o apelidou de “metrobus”, sendo um corredor bus de alta qualidade, semelhante ao que se encontra em muitas cidades europeias.

Como informou a vereadora Cristina Pimentel, o primeiro troço a ser intervencionado será entre o Campo 24 de Agosto e o Jardim Paulo Vallada.

Manuel Paulo Teixeira destacou que em 2017 a cidade do Porto teve 40 obras de repavimentações e melhoria de acessibilidade. Foram beneficiados 48 arruamentos, numa área de 100.000m2, num total de investimento de 5 milhões de euros.

Ainda em 2017, a Câmara do Porto realizou 1600 intervenções corretivas, nos arruamentos da cidade, num investimento de aproximadamente 200.000,00€.

Este ano de 2018, já foram realizadas 15 obras de repavimentações e melhoria de acessibilidade em 21 arruamentos. Estão a decorrer 3 intervenções de grande dimensão, num investimento de 3 milhões de euros.Até ao final de junho de 2019, vão arrancar empreitadas para beneficiação de 30 arruamentos, num investimento de 10 milhões de euros.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments