A antiga Seca do Bacalhau é o local escolhido para a edição de 2018 do festival que se realiza em Vila Nova de Gaia. Assim, este evento desloca-se cerca de 500 metros, desde o antigo espaço, a praia do Cabedelo.

Em conferência de imprensa, Jorge Silva, da PEV Entertainment, promotor do evento, disse que “o novo sítio fica a 500, 600 metros, em linha reta do antigo recinto, estando agora mais próximo do mar e do rio, portanto, mantemos o ADN do festival”.

A capacidade vai duplicar para 40 mil pessoas por dia, tal como afirmou Jorge Silva. “Vamos ter maior capacidade. Este novo recinto é três vezes maior do que o anterior permitindo proporcionar novas experiências, novos espaços e mais segurança aos visitantes.”

Para além do novo local, a organização também revelou os primeiros nomes, esta quarta-feira, em conferência de imprensa. Os norte-americanos Goo Goo Dolls e os irlandeses Kodaline.

Mas estes nomes não são cabeças de cartaz. “Vão completar o cartaz, não são cabeças de cartaz. Esses vão ser anunciados nos próximos dias, ainda antes do Natal”, sublinhou Jorge Silva, que adiantou que os artistas em “carteira e em negociações” prometem fazer o melhor cartaz de sempre do Marés Vivas.

Os bilhetes já estão à venda custam 35€ para um dia e 65€ para os três dias